Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Sede

Publicado: Quarta, 02 de Março de 2016, 14h07 | Acessos: 1726

Desde 1954, o Quartel General do Comando da 2ª Divisão de Exército (2ª DE) encontra-se na cidade de São Paulo, capital financeira do país, berço da integração e expansão do território brasileiro. Foi dessa região que os bandeirantes paulistas partiram em busca de ouro nas Minas Gerais e na Região Centro-Oeste, desbravando os sertões desse país de dimensões continentais e contribuindo sobremaneira para a expansão do território nacional.

A capital paulista é um dos poucos lugares capazes de mesclar harmoniosamente modernidade e história. Já foi palco de acontecimentos marcantes que envolveram desde as margens do Ipiranga, passando por revoluções políticas, culturais e protestos em favor da democracia. Abriga centenas de cinemas, museus, teatros, áreas de patrimônio histórico-cultural, parques, casas de espetáculos, parques temáticos, restaurantes, bares, hotéis, espaços para eventos, feiras, shopping centers e ruas de comércio especializado.

 

AVENIDA PAULISTA

Diversidade cultural, centro econômico e financeiro da maior cidade do país.

 

 

Minuciosamente desenhada por multinacionalidades, culturas, crenças, formações e ideais, a grande metrópole bandeirante é verdadeiramente cosmopolita, por vocação e adoção. É italiana, alemã, judaica, portuguesa, japonesa, chinesa, francesa, africana, árabe, espanhola, latina, brasileira, paulistana. Estas e outras tantas faces estão presentes na arquitetura dos prédios, nas ruas, no paladar refinado de suas sugestões gastronômicas e nos trajes e trejeitos de uma gente que não para, dia a dia escrevendo valorosamente a história da cidade.

 

A ponte Octávio Frias de Oliveira é um marco na arquitetura nacional, pois foi construída com um formato único no mundo: duas pontes em curva formando um X e sustentadas por estais ligados a um único mastro.

 

 

A cada ano, cerca de 15 milhões de visitantes vêm à cidade para alavancar os negócios ou estreitar contatos profissionais, fazer compras ou aproveitar um calendário cultural antenado com o que se faz no mundo. Estar em São Paulo é vivenciar uma metrópole 24 horas, com estilo de vida que conjuga trabalho e lazer como se fossem duas faces da mesma moeda. Capital de um estado do tamanho do Reino Unido, com uma população próxima à da Espanha e que gera quase metade da economia brasileira, São Paulo tornou-se também o primeiro destino turístico do país.

 

O Monumento às Bandeiras representa os bandeirantes, expondo suas diversas etnias e o esforço para desbravar o país.

 

 

Fascinante, São Paulo é uma metrópole superlativa em tudo, inclusive na diversidade. Efervescente caldeirão de estilos e culturas, é também um grande centro de entretenimento: são mais de 280 salas de cinema, 180 teatros, mais de 90 centros culturais e 110 museus, além de inúmeras casas noturnas dos mais diversos estilos para uma das noites mais agitadas do planeta. Sem falar nas compras, com 79 shoppings e dezenas de ruas de comércio especializado, e na gastronomia – há mais de 12,5 mil restaurantes, com 52 tipos de cozinha de todas as partes do mundo. Por motivos assim, vale muito a pena descobrir esta cidade global, repleta de conhecimento, tendências, cheiros e cores.

 

PARQUE DO IBIRAPUERA

A mais famosa atração da zona sul é o Parque do Ibirapuera. Além da enorme área verde – ocupa 1,6 milhão de metros quadrados – possui um complexo de importantes museus. O Museu de Arte Moderna abriga em seu acervo mais de 3 mil peças, entre esculturas, pinturas e fotografias, com ênfase em arte brasileira pós 1945.

 

 

No tradicional bairro do Ipiranga está o Museu Paulista. Mais conhecido como Museu do Ipiranga, a instituição foi criada em 1895 para comemorar a Independência do Brasil. Ao lado local onde o museu foi construído, Dom Pedro I proferiu o famoso grito de "independência ou morte", que desencadeou o processo de libertação politica do país. O fato é que hoje o lugar tem belíssimos jardins, inspirados nos de Versailles, e acervo com obras de arte dos séculos 19 e 20, além de objetos de época.

 

Fim do conteúdo da página